Grupo Talkability lança empresa Objeto Direto

Sexta empresa do grupo oferecerá soluções que unem com design funcional, tecnologia de ponta e inteligência para ativação nos pontos de venda e promoção

O Grupo Talkability, comandado pelos sócios Fernando Figueiredo e Mentor Muniz Neto, anuncia a criação de uma nova empresa que vem agregar maior agilidade e maior qualidade aos projetos desenvolvidos pela holding, que reúne além da Bullet outras cinco unidades de negócios, e proporcionar novas soluções em tecnologia para o mercado promocional. Trata-se da Objeto Direto. A sexta empresa do grupo, que terá ainda como sócios Neno Formiga, até então responsável por toda a produção gráfica do grupo, e William Fuspini, Diretor de Projetos, atenderá não somente as demandas do Talkability, mas também de outras agências e anunciantes na criação e na execução de artefatos promocionais, como totens, displays, dispositivos eletrônicos, entre outros materiais.

Fernando Figueiredo, presidente da holding, destaca que o lançamento segue a estratégia de crescimento da empresa, que visa a formação de um grupo completo para oferecer diferentes disciplinas e serviços voltados ao marketing promocional, sempre com a qualidade Bullet, que está no setor há 22 anos. A Objeto Direto é a segunda empresa lançada pelo Talkability em 2011. Em fevereiro, a holding anunciou ao mercado a formação da Pocket Bullet, empresa que em parceria com a Pontomobi desenvolve soluções mobile com viés promocional. Hoje o Grupo reúne ainda as empresas Bullet, Bullet Trade, Bullet Eventos e Dos Mesmos Criadores.

Conforme explica Mentor Muniz Neto, vice-presidente de criação do Talkability, a Objeto Direto estará focada no desenvolvimento de soluções que unem inteligência, tecnologia e design especificamente para promoções e ativação nos pontos de venda. “Buscamos sempre investir em empresas cujo propósito tenha sinergia com o nosso business. Cases bem sucedidos que trouxeram inovação para o setor, como o GPS dentro da embalagem de OMO, o iPod no palito, entre tantos outros, idealizados aqui, agora também poderão ser produzidos pela nossa equipe”, disse. “E melhor que isso, poderemos compartilhar esse expertise com outras marcas e agências”, completou.

“Há um ano, apostamos nesse modelo de empresas independentes, apoiadas por uma holding, e já conseguimos colher bons resultados. No primeiro semestre, a empresa registrou faturamento 60% superior em relação ao mesmo período do ano passado, sendo que apenas a Bullet Eventos cresceu 150%”, revela Figueiredo. Os sócios acreditam no potencial da nova empresa e esperam conquistar espaço no mercado rapidamente. A estimativa é que a Objeto Direto fature R$ 3 milhões em seu primeiro ano.

Comentar este Artigo

Seu email não será publicado ou compartilhado. Campos necessários são marcados com *